sábado, 10 de setembro de 2011


BATISMO YORUBÁ - CERIMÔNIA DA IMPOSIÇÃO DO NOME

Por ocasião do nascimento dos filhos, a mãe e a criança permanecem confinados num quarto até o recém-nas¬cido receber seu nome. Se é um menino, recebe o nome no nono dia de vida e se é uma menina, no sétimo dia. Os gê¬meos recebem nome no oitavo dia de vida. No terceiro dia apos o nascimento, O babalaô é chamado para realizar o ÀKOSÈJAYÈ, ritual divinatório que objetiva obter dados a res¬peito do ser espiritual que esta chegando aquela família e indagar sobre seu futuro. A partir da consulta oracular são prescritas as interdições que a criança devera obedecer para facilitar seu desenvolvimento material e espiritual. Caso o jogo indique a possibilidade de males no futuro, realiza-se um ritual para afastar os malefícios.

Chegado o dia de receber o nome, a criança é segura¬da por uma anciã da família. O nome dado a criança pode ser determinado por circunstâncias que cercam seu nasci-mento, sendo nesse caso, Àmútoruwá - nome trazido ao nascer. Os Àmútoruwá indicam circunstancias da gestação e parto ou circunstâncias familiares. Alguns exemplos de circuns¬tancias da gestação e parto são os seguintes: gêmeos rece¬bem os nomes Taiwo - experimentar a vida, o nascido em primeiro lugar e Kehinde – último a chegar, o nascido de¬pois. Ilori é nome dado à criança concebida por mulher que não menstrua mais, Ige é a criança nascida com apresentação dos pés, Dada, a criança nascida com cabelos encaraco¬lados, Olúgbodi, a criança nascida com seis dedos. São exem¬plos de nomes determinados por circunstâncias familiares os seguintes: Babátunde - papai voltou, dado à criança nas¬cida após a morte de um avô e que se supõe seja sua reencar¬nação; Ìyábòde - mamãe voltou, dado à criança nascida apos a morte da avó e que se supõe seja sua reencarnação; Babarímisa, dado a criança cujo pai morreu antes de seu nascimento.

Orúko-àbíso é o nome dado à criança após um estu¬do sobre sua família - profissão, ancestralidade, orixá cul¬tuado etc. A criança nascida em família que cultua Ogum recebe um nome que evidencia esse compromisso: Ògúndolá - Ogum traz/trouxe prosperidade, Àgbédédolá – A forja trouxe prosperidade, Odédolá - A caça trouxe prosperidade. Observamos nestes exemplos, nomes que associam palavras. Ògúndolá, por exemplo, compõe-se das palavras Ogun (Ògúm), de (trazer) e Olá (prosperidade). O importante é que esses nomes mostrem a linhagem da pessoa e isto e o que vale para todos os tipos de nomes Orúko-àbíso, cujo objetivo e tomar conhecida a origem da criança. No momento da im¬posição do nome, é recitado o Oriki-Orílè que faz referencia a linhagem da criança.

Para a cerimônia de dar o nome à criança uma serie de elementos são usados: azeite de dendê, mel, obi, orógbó, peixe, atare, água, cana de açúcar, sal e terra. Esses elementos são utilizados em momentos precisos da cerimônia e suas propriedades vitais são cantadas em verso. Cada um desses elementos é encostado na cabeça da criança e os líquidos em sua boca. Os que não podem ser ingeridos pelo bebê são oferecidos à mãe, enquanto se recita:

Omi
(Oruko Omo) omi ni Yi.
Omi ni 'nmú ayé tòró,
Oun ni a nlo fun gbogbo nka làyé,
Omi ko ni pa e lórí,
Omi ko si ni gbé é lo,
Bi omi ba balè,
Omi a lépá, wa lépá owó, olá, omo
A ki 'nba omj sòtá,
Ki a borí,
Wa borí òtá re o,
Omi ni npa iná,
Wa paná òkè ìsòro ayé.

Água
(Nome da criança), aqui esta a água.
Água é o que faz a vida se harmonizar.
Água é o que se usa para tudo na vida.
Ao beber água você não vai se engasgar.
A água não provocara sua morte, você não morrera afogado.
Quando a água cai na terra, deixa sua marca.
Dessa forma sua vida será marcada
Por dinheiro, prosperidade e filhos.
Quem faz inimizade com a água,
Não a vence.
Você vencerá seus inimigos.
E a água que apaga a ira do fogo.
Você superará as dificuldades da vida.

Oyin
(Oruko omo) oyin ni yi o.
Ki ayé re dùn títí bi oyin,
Dindun didun ni a maa nba afárá oyin,
Aye re yio maa dun,
A ko ni ri oun ibàjé ni ile aye re.

Mel
(Nome da criança), aqui esta o mel.
Para que sua vida seja eternamente doce.
O favo de mel e sempre doce.
Sua vida será sempre doce.
Você não terá dificuldades insuperáveis.

Epo
(Oruko omo) epo ni yi.
Àsodèro ni,
Aye re yoo léro
Wa ni orò sówó, sáyo, ati si alafia.

Azeite de dendê
(Nome da criança), aqui está o dendê.
É ele que harmoniza a vida.
Sua vida será harmoniosa.
Você terá harmonia, dinheiro,
Prosperidade, felicidade e saúde

Iyo
(Oruko omo) iyo ni yi.
Iyo ki nba nkan je,
O ntun nkan se ni,
O ni si nidi bàjé bàjé,
Iyo ki de inu ounje ki o ma dun,
Bi o ti se de si arin awon obi re yi,
Aye won a dun,
Won o mo e si olá,
Won 0 mo e si ire,
Àfékárí aye ni a nfe iyò,
Terú tomo yoo fe o kárí ayé..

Sal
(Nome da criança), aqui esta o sal.
O sal não estraga os alimentos.
Ele os conserva.
Você não estará no local onde as coisas se estragam.
Quando ha sal numa comida
Ela se torna saborosa.
Agora que ha você na vida de seus pais,
A vida deles terá sabor.
Eles terão você como aquele que traz prosperidade.
Eles terão você como aquele que traz o bem-estar.
Toda humanidade aceita o sal e gosta dele.
Toda humanidade o aceitara e gostará de você.

Ireke (cana de açúcar)
(Oruko omo), ireke ni yi.
Ki aye re ni adún,
Ki aye re ni ayò,
Ki aye re ni olá.
Cana de açúcar:
(Nome da criança), aqui está a cana de açúcar.
Para que sua vida tenha alegria,
Para que sua vida tenha felicidade,
Para que sua vida tenha prosperidade

Obi
(Oruko omo), obì ni yi o o.
Obi ni 'nbe; ikú,
Obi ni nbe; arùn,
Obi ni nbe; ejó,
Oun naa ni nbe òtá,
A ba e, be gbogbo ohun buruku lie aye.

Obi
(Nome da criança), aqui esta o obi.
É o obi que aplaca a ira da morte.
É o obi que aplaca a ira da doença.
É o obi que aplaca a intriga.
É ele também que afasta inimigos e perseguições.
Ele afastará de você todo o mal que existe neste mundo.

Orogbo
(Oruko omo), orógbó re o
Orógbó ni ngbo eni sáyé
Wa gbo, wa tó Iáyé,
Ki o to lo si ibi tiàgbà 'nrè,
Aye o ni se e ni àbíkú fun awo òbí re.

Orogbo
(Nome da criança), aqui esta o orogbo para você.
É o orogbo que traz longevidade.
Você terá longa vida aqui
Antes de ir para o local aonde vão os anciãos.
As pessoas do mundo não farão de você um abiku para seus pais.

Atare (pimenta da sorte)
(Oruko omo), atare re o.
Atare ki ndi tirè labo,
Odindi ni atare ndi tirè;
O ko ni tire labo,
Òpòlopò omo ni atare ni,
Wa lómó lópò,
Wa lówó lópò,
Wa ni alafia lópò,
Wa ni ohun gbogbo lopo.

Pimenta da costa
(Nome da criança), aqui esta a pimenta para você.
Ela não traz sementes pela metade,
Vem repleta de sementes.
Nada em sua vida será pela metade.
A pimenta sempre tem muitas sementes.
Você terá muitos filhos,
Terá muita prosperidade,
Terá muita saúde,
Terá muito de tudo.
Como a pimenta tem muitas sementes.

Eja
(Oruko omo), eja ni Yi.
Ori ni eja fi ‘nla bú
Eja ni ‘nborí omi,
Iwo (Oruko omo) o maa bori isoro iwaju re.

Peixe
(Nome da criança), aqui esta o peixe.
E com a cabeça que o peixe atravessa
as profundezas das águas.
O peixe vence a água.
Você, (nome da criança), vai superar todas as dificuldades
que aparecerem em seu caminho.

Ilè
(Ao gbe omo, ao fi esè omo naa te ilè a o wa wúre bayi pe)
(Oruko omo),
Ilè ree o.
Ilè ògèrè,
Ilè ni a nte ki a to te omi,
A ki “nbínú ilè ki a maa te.
Bi o ba nrin nílè ki omo aráyé ma binu re,
A ki ‘nabálè sòwò ki a pàdánù,
Gbogbo ohun ti o ba dáwólé Lori nile aye Yi,
O ko ni pàdánù.

Terra
(A criança é sustentada com os pés apoiados sobre a terra e tem início a recitação)
(Nome da criança),
Aqui está a terra.
A terra que esta espalhada pelo universo.
É nela que se pisa antes de se pisar na água.
Ninguém, mesmo que tenha ódio da terra, priva-se de pisar nela.
Quando você andar sobre a terra,
Que os seres humanos não tenham ódio de você. Todos os que fazem negócios com a terra lucram.
Nada do que você se propuser a fazer, será em vão.
Você lucrará na vida.

Esses elementos trazem tudo o que se espera para uma vida bem-aventurada. O obi é utilizado para proteger a criança da doença e da morte prematura; o atare favorece a vitória sobre inimigos e obstáculos ao longo da vida e a fer¬tilidade na vida adulta, o sal, utilizado para a conservação dos alimentos, e voto de longevidade. O orogbo também é símbolo de longevidade. A cana-de-açúcar e o mel, sempre doces, são usados para atrair circunstâncias agradáveis. A água simboliza vida plácida, sem atribulações. O álcool, normalmente associado ao atare, par ser volátil é usado para favorecer o contato com a dimensão do supra-sensível, onde as preces têm mais força. A terra, representando a relação do homem com a fertilidade, e usada para tornar o indivíduo importante e produtivo como a terra.

Depois que a criança recebe a força desses elemen¬tos, seu nome é atribuído por meio de uma longa recitação que pede sucesso, saúde e felicidade. A cerimônia ter¬mina com uma grande festa, com muita comida, bebidas, danças e entoações de cantigas da divindade tutelar da famí¬lia. Se essa divindade e Ogum, recita-se ijala.


Fonte: Ogum Dor e júbilo nos rituais de morte - Professor King - Editora Oduduwa

(REDE AFROBRASILEIRA SOCIO CULTURAL - BABA ALAIYE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, o publicarei e o respoderei.
Volte para saber a resposta beijos!