domingo, 29 de agosto de 2010

Ouro

Às vezes nos sentimos enterrados na areia, apertados, imobilizados, sem conseguir nos mexer. Nesses momentos precisamos lembrar que não estamos sós. A ajuda está por perto, basta pedir. Se invocarmos nosso poder superior, nossa fonte de força espiritual pode nos ajudar a acreditar que existe ouro escondido no meio de toda essa areia - e que a própria areia é útil.

Nada nem ninguém é ‘bom’ o tempo todo. É preciso lembrar que, se esperamos apenas ouro, estamos distorcendo a vida e atrapalhando o nosso próprio caminho. Não queremos viver de mentiras e ilusões. Uma existência simples nos ajuda a apreciar o valor do ouro quando ele aparece.

"Como um velho garimpeiro, você deve se conformar em cavar muita areia e peneirá-la pacientemente até descobrir pequenas pepitas de ouro." (Dorothy Bryant)

Trecho do Livro: “A cada dia um novo começo – Karen Casey”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, o publicarei e o respoderei.
Volte para saber a resposta beijos!