terça-feira, 24 de junho de 2014

PERDOAI-ME (para ler, preferência, de pé)




Perdoai, ó minha Presença,
perdoai, eu vos suplico,
pelo que pratiquei
com meus erros contra o amor.
Ajudai, para que o puro amor
reine em meu coração;
que toda culpa se extermine
até que o "EU SOU" seja
divinamente livre.
Perdoai, ó Grande Presença!
Não vejais os HUMANOS
pelo que praticaram
com seus erros contra o amor.
Ajudai: que o puro amor
reine em seus corações;
que toda culpa se extermine;
assim, todos estarão
divinamente livres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, o publicarei e o respoderei.
Volte para saber a resposta beijos!